Sindicato dos Servidores da Assistencia Social e Cultural do GDF

Mobilizações repudiam corte de verbas nas universides e institutos federais

08/05/2019 13:00

Recentemente, o Ministro da Educação Abraham Weintraub anunciou um corte orçamentário de 30% na Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Federal da Bahia (UFBA). Posteriormente, o MEC anunciou que o corte se estenderá as outras universidades e institutos federais.

O presidente Bolsonaro não traz propostas reais para melhoria na educação e seu ministro da educação fala em cortes de verbas, demonstrando total descaso com uma educação pública e de qualidade para população.

Frente aos ataques do presidente Bolsonaro e do Ministro Weintraub, houve atos e assembleias na UFF, UnB, UFBA em defesa da educação e contra o corte de verbas. No dia 06/05, estudantes do Colégio Pedro II no Rio de Janeiro, juntamente com comunidade de outros institutos, protestaram contra o corte de verbas na educação.

As manifestações tem se ampliado no País e está sendo convocada a Greve Nacional da Educação que acontecerá no dia 15 de maio.

O dia 15 de maio deve ser um dia de luta em defesa da educação pública e da aposentadoria! Contra a reforma da previdência e os ataques a educação e corte de verbas! Construir a Greve Geral do dia 14 de junho!

Neste mesmo dia estaremos reunidos em assembleia geral, como parte do calendário de atividades da paralisação de 24h. Após a assembleia vamos nos dirigir ao ato da educação, no Museu da República.


Foto: Senado Federal


Ultimas Notícias


18/07/2019

TV Sindsasc debate sobre os benefícios da assistência social e a Semana de Lutas

Ver Notícia

16/07/2019

Convocação - Reunião Delegadas(os) Sindicais

Ver Notícia

18/07/2019

Recursos para a assistência social ficam travados por má gestão do GDF

Ver Notícia

16/07/2019

Vídeo: veja como foi a assembleia-geral do Sindsasc

Ver Notícia

17/07/2019

Deputado Julio Cesar votou contra os servidores do DF

Ver Notícia

15/07/2019

Mesmo com mudanças, texto da reforma da Previdência tem pontos negativos para a classe trabalhadora

Ver Notícia

15/07/2019

Informes do Sindsasc - segunda, 15 de julho

Ver Notícia

17/07/2019

Bolsonaro avança na retirada de direitos trabalhistas

Ver Notícia