Sindicato dos Servidores da Assistencia Social e Cultural do GDF

Sedes fere estado laico ao realizar shows com música gospel em restaurantes comunitários

08/08/2019 13:33

O Sindicato dos Servidores da Assistência Social e Cultural do GDF (Sindsasc) contesta a iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) em promover apresentações com música gospel nos restaurantes comunitários. A secretaria divulgou que, nesta sexta-feira (9 de agosto), seis unidades recebem música ao vivo durante o horário de almoço. O presidente da entidade, Clayton Avelar, alerta para o uso inconstitucional de equipamentos públicos como palcos religioso. “O Sindsasc é favorável à liberdade religiosa, mas se a Sedes promove apenas música gospel, o princípio de laicidade do Estado é atacado. Esperamos que a secretaria reveja essa postura”, avalia.

 De acordo com o sindicato, o ideal é que a Sedes desfaça o convite para apresentações de música gospel nos restaurantes comunitários. “O Estado não tem uma religião e não pode promover o proselitismo. Vamos entrar em contato com a secretaria para tentar revisar essa prática”, completa Clayton.

 As apresentações, conforme informações do Governo do Distrito Federal (GDF), estão programadas apresentações musicais nos restaurantes comunitários do Recanto das Emas, Ceilândia, Gama, Paranoá, Santa Maria e São Sebastião. De acordo com matéria publicada pela Agência Brasília, o repertório musical tem música gospel, romântica, MPB, forró e sertanejo.

 


Ultimas Notícias


01/06/2020

TV Sindsasc com Clayton Avelar 28 maio 2020

Ver Notícia

01/06/2020

ATÉ A ÚLTIMA SEXTA, 29/05, 10 PESSOAS DA CATEGORIA TINHAM TESTADO POSITIVO PARA O COVID-19

Ver Notícia

01/06/2020

APESAR DA CRISE, DF ESTÁ ABAIXO DO LIMITE DE ALERTA PREVISTO PELA LRF

Ver Notícia

28/05/2020

BOLSONARO QUER CONGELAR SALÁRIO ATÉ O FIM DE 2021

Ver Notícia

29/05/2020

REALIZADO ATO PÚBLICO NO ANEXO DO BURITI

Ver Notícia

27/05/2020

IBRAE APRESENTA DEFINIÇÕES SOBRE O CURSO DE FORMAÇÃO

Ver Notícia

28/05/2020

DIRETORIA DO SINDSASC ESTEVE NA 515 EM LUTA POR MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO

Ver Notícia

27/05/2020

SINDSASC NO ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Ver Notícia