Sindicato dos Servidores da Assistencia Social e Cultural do GDF

Secretaria de Desenvolvimento Social precisa urgentemente de novos agentes sociais

18/01/2021 08:30

Especialidade é responsável pelo Cadastro Único

Uma das atribuições dos agentes sociais, uma das especialidades do cargo de Técnico em Assistência Social (TAS), é o preenchimento do Cadastro Único, principal instrumento da assistência, sem o qual não é possível acessar benefícios e demais direitos.

Um total de 25.276 pessoas (dados coletados em 15/01/2021) aguardam vagas para atendimentos nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras), isso sem considerar a demanda dos Centros de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) e Unidades de Acolhimento. Compete principalmente ao agente social realizar esse primeiro atendimento.

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) nomeou apenas 90 agentes sociais aprovados no concurso. Outros 510 aguardam nomeação. Segundo a própria secretaria, há 465 vacâncias para o cargo de TAS. Não preencher essas vacâncias é uma irresponsabilidade do governo.

Para agravar a situação dos Cras, a Sedes tem deslocado agentes sociais para atendimento no "Na Hora". Essa iniciativa só seria correta se houvesse nomeações suficientes de modo a não sacrificar a capacidade de atendimento dos Cras.

Por isso, o Sindsasc tem insistido pela imediata reposição de todas as vacâncias na assistência social.


Ultimas Notícias


26/02/2021

Assembleia aprova prestação de contas - 2020

Ver Notícia

25/02/2021

Identificamos possível assédio na manutenção

Ver Notícia

24/02/2021

Há previsão orçamentária para 2393 nomeações na assistência social

Ver Notícia

26/02/2021

TJ intima GDF por descumprimento de decisão judicial

Ver Notícia

26/02/2021

Até o final de janeiro havia 34521 pessoas aguardando agendamento na assistência

Ver Notícia

24/02/2021

TJ publica ementa da decisão referente ao pagamento da 3ª parcela

Ver Notícia